09:47 | 19/03
MP pede prisão perpétua para Fritzl

MP pede prisão perpétua para Fritzl

O Ministério Público (MP) austríaco pediu esta quinta-feira a "pena máxima", ou seja, a prisão perpétua, para Josef Fritzl, o austríaco acusado de ter mantido em cativeiro e violado a filha durante 24 anos e de ser responsável pela morte de um dos sete filhos nascidos desta relação incestuosa.
00:30 | 19/03
‘Monstro’ assume todos os crimes

‘Monstro’ assume todos os crimes

Ao terceiro dia de julgamento, Josef Fritzl recuou e decidiu assumir todos os crimes de que é acusado, incluindo o homicídio por negligência do bebé que morreu na cave em 1996. Ao que tudo indica, o ‘Monstro de Amstetten’ quebrou ao ver a filha, Elizabeth, sentada na sala de audiências, assistindo em silêncio à exibição do depoimento gravado em que ela própria descreveu ao pormenor todos os abusos de que foi vítima.
18:21 | 18/03
Elisabeth Fritzl aparece no julgamento do pai

Elisabeth Fritzl aparece no julgamento do pai

Contra todas as expectativas, Elisabeth Fritzl, mantida em cativeiro e violada pelo pai durante 24 anos, apareceu esta quarta-feira no julgamento do progenitor. O arguido, apelidado de ‘monstro de Amstetten’, perante a presença da filha e após ouvir o depoimento desta, acabou por se declarar culpado de todos os crimes que lhe são imputados, inclusive o de homicídio e de escravatura, que inicialmente negava.
10:07 | 18/03
Fritzl declara-se culpado de todas as acusações

Fritzl declara-se culpado de todas as acusações

Josef Fritzl, o austríaco acusado de ter mantido em cativeiro e violado a filha durante 24 anos e de ser responsável pela morte de um dos sete filhos nascidos dsta relação incestuosa, declarou-se esta quarta-feira culpado de todas as acusações que pendem sobre ele.
00:30 | 18/03
Obrigada a imitar pornografia

Obrigada a imitar pornografia

O testemunho é tão chocante que teve de ser repartido por vários dias. Ao longo de 11 horas de gravações, Elizabeth Fritzl descreve ao pormenor aquilo que sofreu nas mais de duas décadas de cativeiro a que foi sujeita pelo próprio pai, incluindo as incontáveis violações, as vezes que foi obrigada a imitar os filmes pornográficos que o pai a forçava a assistir, o terror constante, a dor de perder um filho e, por fim, a indiferença. Um calvário sem fim.
16:59 | 17/03
Fritzl pode conhecer sentença 5.ª feira

Fritzl pode conhecer sentença 5.ª feira

A sentença de Josef Fritzl, conhecido com o ‘monstro de Amstetten’, acusado de ter mantido em cativeiro e violado a filha Elisabeth durante 24 anos, pode ser conhecida já na quinta-feira, revelou hoje o porta-voz do tribunal Franz Cutka.<br/>
Ver + notícias