Barra Cofina

Correio da Manhã

Mais Sobre
7
Saber mais sobre António Amorim
00:00 | 20/12

Skin volta ao trabalho para pagar despesas

José António Amorim, um dos 36 arguidos acusados de discriminação racial pelo Ministério Público, continua em prisão domiciliária. Seis meses depois de ter sido detido conseguiu que um juiz flexibilizasse a medida de coacção aplicada no dia 20 de Abril de modo a poder regressar ao trabalho, em Lisboa, para poder sustentar a família e pagar as contas da casa.
Mais notícias