Barra Cofina

Correio da Manhã

Mais Sobre
3
Saber mais sobre Cabrais
00:30 | 22/05
Os minhotos que resistiram

Os minhotos que resistiram

O dr. Paulo, que inexplicavelmente – no intervalo dos seus afazeres de jurista – se tem dedicado ultimamente à literatura romântica inglesa, acha que virá em breve o dia em que deixaremos de poder dizer “minhotos” e passaremos a designar-nos por “minhotas e minhotos” ou, de forma mais abrangente, por “minhotenses”.
00:30 | 25/06
Buzinão com vuvuzelas

Buzinão com vuvuzelas

As dificuldades porque passa o reino dos banqueiros leva em linha recta a um certo desmembramento da lógica geral que tem governado o país. Entenda-se, eu até sou dos que se recordam da fórmula desenvolvimentista segundo a qual "o crédito é a espiritualização do capitalismo". Desde que haja espírito, claro está.
09:00 | 26/10
Alô, alô!

Alô, alô!

As escutas, cujo controlo nenhuma lei ou juiz nos pode garantir, estão reduzidas a uma forma de voyeurismo votado à inutilidade
00:00 | 03/09
Nas asas da imaginação

Nas asas da imaginação

Bananas e ambulâncias voadoras, um corvo pilotado por uma ‘motard’, um avião dos bombeiros que vai amarar. São invenções bizarras presentes no próximo sábado no ‘Red Bull Flugtag’. Mais do que voar, conta a diversão.
00:00 | 06/10

O CANTIL DO REI

Dia 21: Famalicão-Guimarães: E já lá vão mais de 500 kms, calcorreando agora o Minho. Garanto-vos, por detrás de uns castanheiros, vi agora passar a Maria da Fonte, de pistola na mão correndo com os Cabrais e, mais acolá, o D. Sebastião a chuchar no dedo.
15:43 | 24/06

MARIA DA FONTE, UMA MULHER DE ARMAS

Há pouco mais de século e meio, numa aldeia perdida do Minho, estalava o movimento político mais espontâneo do século XIX, protagonizado por uma mulher do povo que, real ou imaginada, ficou conhecida na História por Maria da Fonte.
Mais notícias