Barra Cofina

Correio da Manhã

Mais Sobre
3
Saber mais sobre Catota
00:30 | 22/01
Lei safa condutor que matou e fugiu

Lei safa condutor que matou e fugiu

Patriarca da família cigana negociou ida à esquadra de ‘Catota’, que esmagou funcionário da Carris em paragem de autocarro e partiu para o Algarve.
00:30 | 27/12
Mata e foge para o Algarve

Mata e foge para o Algarve

Catota’, alcunha do suspeito de ter atropelado mortalmente um homem na Alta de Lisboa sem prestar auxílio à vítima na terça-feira à noite, estará a monte no Algarve, apurou o CM junto de fontes policiais. Esta é uma informação recolhida pela PSP, mas, tal como o nosso jornal já tinha avançado, a lei não permite a detenção do suspeito – apesar de indiciado por dois crimes: homicídio negligente e omissão de auxílio a Paulo Trindade, 40 anos, esmagado dentro da paragem quando esperava um autocarro.
00:30 | 26/12

“Estamos a viver grande angústia”

Este não foi o Natal desejado pela família de Paulo Trindade, 40 anos, colhido mortalmente na terça-feira, na Alta de Lisboa, por um carro desgovernado numa paragem de autocarro. O condutor, ‘Catota’, fugiu e ainda se encontra a monte.
00:30 | 23/12
Mata homem à espera do autocarro e foge

Mata homem à espera do autocarro e foge

Para quem mora junto à rua João Amaral, na Alta de Lisboa, ver o ‘Catota’ conduzir a alta velocidade já não é novidade. Quem o conhece diz que é muitas vezes movido pelo excesso de álcool. Ontem, pelas 17h30, perdeu o controlo do seu Seat Córdoba e foi contra uma paragem de autocarro – onde estavam sentados um homem, uma mulher e uma criança. Estes últimos sobreviveram por milagre, mas Paulo Trindade, aos 40 anos, teve morte imediata.
Mais notícias