Barra Cofina

Correio da Manhã

Mais Sobre
7
Saber mais sobre Euclides Tavares
01:00 | 05/07
Assassino de PSP já voltou a casa

Assassino de PSP já voltou a casa

Euclides Tavares foi condenado a 19 anos de prisão e beneficiou da primeira saída precária. Luís Carlos Santos, condenado a 23, nunca saiu da cadeia.
00:30 | 25/02

Quinze polícias mortos nos últimos vinte anos

Quinze polícias morreram em serviço nos últimos vinte anos, disse o presidente do Sindicato dos Profissionais de Polícia (SPP/PSP), António Ramos, que ontem promoveu uma missa em memória dos colegas mortos.
00:00 | 03/05

Assassinos de Ireneu condenados

A acção “foi típica de uma guerra”, lembrou o juiz Fernando Vaz Ventura. Entre tiros de caçadeira e rajadas de metralhadora, os 25 disparos “foram à cabeça. Para matar”.
16:34 | 02/05

Condenados a prisão por morte de PSP

Luís Carlos Santos (41 anos) e Euclides Tavares (21 anos), acusados da morte do agente da PSP Ireneu Diniz, assassinado em Fevereiro do ano passado na Cova da Moura, na Amadora, foram condenados esta terça-feira a, respectivamente, 23 e 19 anos de prisão pelo Tribunal da Boa Hora, em Lisboa.
00:00 | 22/03

Ameaças de morte contra polícias

A Polícia de Segurança Pública (PSP) de Viseu adoptou medidas especiais de segurança e reforçou a vigilância na cidade por temer represálias dos amigos do assaltante que, na madrugada do último dia 12, foi abatido a tiro por um agente daquela cidade.
00:00 | 15/02

Contradições entre acusados do crime

Entre rajadas de pistola-metralhadora e tiros de caçadeira, Euclides Tavares e Luís Santos estão acusados dos 25 disparos que atingiram o jipe da PSP, a 17 de Fevereiro de 2005, na Cova da Moura, Amadora – e mataram o agente da PSP Ireneu Diniz. Começaram ontem a ser julgados, negam todos os crimes, mas entraram em contradições.
Mais notícias