Barra Cofina

Correio da Manhã

Mais Sobre
Saber mais sobre Fernanda Cachão
00:31 | 31/03
O exemplo da ficção

O exemplo da ficção

Não faremos como aquele que escrevia o desfecho da intriga no canto de uma página.
00:30 | 10/03
O medo nunca muda

O medo nunca muda

A última geração a ouvir dos pais "já te disse para pores a mão à frente da boca" teve os filhos que aprenderam com a gripe A a espirrar para a manga.
00:31 | 03/03
A grande epidemia

A grande epidemia

Fez há dois anos um século da pneumónica, que matou mais gente do que a Primeira Guerra Mundial que então se combatia.
00:31 | 27/02
A questão do carro usado

A questão do carro usado

Deputada solitária saiu mal vista da contenda com o Livre, pelo menos a ver pela mais recente sondagem a propósito da confiança que depositamos nos políticos.
00:32 | 18/02
O equívoco da eutanásia

O equívoco da eutanásia

Numa altura em que se debate a eutanásia incorre-se no equívoco de achar que quem a defende não cuidará de quem se vai embora.
00:31 | 11/02
Boas intenções

Boas intenções

No domingo lembrámo-nos de Hattie McDaniel, a empregada ‘mammy’ de Vivien Leigh em ‘E tudo o vento levou’.
00:31 | 04/02
O desquite do Livre

O desquite do Livre

Somos daquela geração em que as poucas telenovelas exibidas coloriam o quotidiano com palavras em português do Brasil.
00:31 | 21/01
A propósito de Angola

A propósito de Angola

Já não servem de justificação para nada os "jipes das patrulhas zunindo no meio das ruas e becos, de cubatas arrumadas à toa".
00:31 | 14/01
Paraíso  em Lisboa

Paraíso em Lisboa

Um dia iremos passear com satisfação por aquele que será um "dos epicentros da maior bacia de drenagem de Lisboa".
00:31 | 07/01
Tuítes de pré-guerra

Tuítes de pré-guerra

A possibilidade de guerra encontra sempre maior força quando todos retiram proveito interno.
00:31 | 31/12
Mais velhos em 2020

Mais velhos em 2020

A distopia é a certeza incómoda de que nenhuma espécie prospera quando o número de jovens declina.
00:31 | 17/12
Liberdade de expressão

Liberdade de expressão

Alberto João Jardim apelidou adversários políticos de rafeiros e ordinários mas talvez este não seja o melhor exemplo.
Ver + notícias
Mais notícias