Barra Cofina

Correio da Manhã

Mais Sobre
3
Saber mais sobre Jorge Viegas
00:00 | 30/08
Vidas desfeitas pela internet

Vidas desfeitas pela internet

O que a internet uniu, desfez. Jorge estava sentado ao computador, num espaço contíguo à cozinha da sua casa. Zeldi, que o conhecera através do programa de troca de mensagens on-line Messenger, vivia inconformada por o companheiro manter contactos virtuais com outras mulheres na internet. "Caramba, estás outra vez nessa porcaria", replicou ela a 19 de Outubro de 2008.
00:30 | 21/12
Homicida ameaça matar-se

Homicida ameaça matar-se

"Veio cá à procura de ajuda. Disse que não tinha nada: nem casa nem o que comer. E disse que queria matar-se. Foi então que chamámos o 112", conta ao Correio da Manhã um responsável pelo Grupo Espírita Batuíra, em Algés, onde ontem Zeldi Santos – a mulher que em Outubro assassinou à facada o homem com quem vivia em Carcavelos – ameaçou suicidar-se. Consigo tinha uma faca.
22:00 | 21/10
“Ele obrigava-me a fazer filmes porno”

“Ele obrigava-me a fazer filmes porno”

"Ele guardava aqui muita pornografia em casa e obrigava-me a fazer filmes. Era agressivo e, se não fizesse o que ele dizia, batia-me. Não aguentei mais as agressões", justificou-se ao CM, já detida, a mulher que anteontem matou o companheiro, Jorge Viegas, 49 anos, com uma facada, depois de mais uma violenta discussão familiar na rua do Arneiro, em Carcavelos.
00:01 | 20/10
Matou marido à facada

Matou marido à facada

"Não queria ter feito o que fiz, perdi a cabeça", confessou ao CM, visivelmente consternada, a mulher que ontem à noite esfaqueou mortalmente o marido na rua do Arneiro, Carcavelos. "Ele era agressivo, se não fizesse o que ele dizia batia-me. Não aguentei mais as agressões", disse. Ontem a meio da tarde, o casal teve mais um desentendimento, que acabou à facada na cozinha da casa onde moravam.
Ver + notícias
Mais notícias