Barra Cofina

Correio da Manhã

Mais Sobre
5
Saber mais sobre Monstro De Amstetten
00:30 | 26/08
Violadas pelo pai

Violadas pelo pai

Um austríaco, hoje com 80 anos, isolou do mundo, aterrorizou e abusou sexualmente de duas filhas durante, pelo menos, 40 anos. Os abusos ocorreram numa casa em St. Peter am Hart, perto de Brannau, onde as vítimas, hoje com 53 e 45 anos, estavam confinadas a um quarto.
00:30 | 15/06
Hitler honorário

Hitler honorário

Em 2008, a pacatez da pequena cidade austríaca de Amstetten foi abalada pelo caso Josef Fritzl. A repercussão mundial da história do homem que durante 24 anos prendeu a filha Elizabeth numa cave, fazendo dela escrava sexual, preocupou os cidadãos locais, receosos de verem a sua cidade associada a tal crueldade.
00:30 | 26/11
Violou a filha durante 30 anos

Violou a filha durante 30 anos

Um argentino de 62 anos foi detido na zona rural de Reconquista, província de Santa Fé, por ter violado a filha durante trinta anos, a quem fez nove filhos. É mais um caso que recorda a história do ‘monstro de Amstetten’, o austríaco que durante 24 anos encarcerou e violou a filha a quem fez sete filhos.
13:12 | 07/11
Fritzl autorizado a construir vivendas

Fritzl autorizado a construir vivendas

Josef Fritzl, o austríaco que encarcerou numa cave e violou a sua filha durante 24 anos, acabou de receber permissão das autoridades austríacas para construir 13 vivendas e um edifício de escritórios com garagem.<br/><br/>
10:59 | 02/11
Fritzl confessa que sentia “amor” ao amarrar filha

Fritzl confessa que sentia “amor” ao amarrar filha

O ‘monstro de Amstetten’, Josef Fritzl, falou pela primeira vez à imprensa desde que foi condenado a prisão perpétua por vários crimes, incluindo o sequestro e a violação da sua filha durante 24 anos, com quem chegou a ter vários filhos. Sobre o caso, não quis dar grandes pormenores, mas disse sentir “amor”, ao ver diariamente a sua descendente amarrada à cama.
00:30 | 10/06
Fritzl podia ter sido preso antes

Fritzl podia ter sido preso antes

Elizabeth Fritzl e os filhos poderiam ter sido libertados anos antes se as autoridades austríacas não tivessem falhado dezenas de pistas. Quem o afirma é Stefanie Marsh, num novo livro sobre o homem que durante 24 anos manteve a filha trancada numa masmorra, violando-a mais de três mil vezes e fazendo-lhe sete filhos.
14:10 | 19/03
Fritzl condenado a prisão perpétua

Fritzl condenado a prisão perpétua

O pedido formulado pelo Ministério Público austríaco foi atendido. Josef Fritzl foi condenado esta quinta-feira a prisão perpétua e a internamento psiquiátrico pelo Tribunal de St. Poelten. Após quatro dias de julgamento, o tribunal deu como provados os crimes de sequestro e violação da filha do ‘monstro de Amstetten’ durante 24 anos e de homicídio de um filho nascido da relação incestuosa.
09:47 | 19/03
MP pede prisão perpétua para Fritzl

MP pede prisão perpétua para Fritzl

O Ministério Público (MP) austríaco pediu esta quinta-feira a "pena máxima", ou seja, a prisão perpétua, para Josef Fritzl, o austríaco acusado de ter mantido em cativeiro e violado a filha durante 24 anos e de ser responsável pela morte de um dos sete filhos nascidos desta relação incestuosa.
00:30 | 19/03
‘Monstro’ assume todos os crimes

‘Monstro’ assume todos os crimes

Ao terceiro dia de julgamento, Josef Fritzl recuou e decidiu assumir todos os crimes de que é acusado, incluindo o homicídio por negligência do bebé que morreu na cave em 1996. Ao que tudo indica, o ‘Monstro de Amstetten’ quebrou ao ver a filha, Elizabeth, sentada na sala de audiências, assistindo em silêncio à exibição do depoimento gravado em que ela própria descreveu ao pormenor todos os abusos de que foi vítima.
18:21 | 18/03
Elisabeth Fritzl aparece no julgamento do pai

Elisabeth Fritzl aparece no julgamento do pai

Contra todas as expectativas, Elisabeth Fritzl, mantida em cativeiro e violada pelo pai durante 24 anos, apareceu esta quarta-feira no julgamento do progenitor. O arguido, apelidado de ‘monstro de Amstetten’, perante a presença da filha e após ouvir o depoimento desta, acabou por se declarar culpado de todos os crimes que lhe são imputados, inclusive o de homicídio e de escravatura, que inicialmente negava.
10:07 | 18/03
Fritzl declara-se culpado de todas as acusações

Fritzl declara-se culpado de todas as acusações

Josef Fritzl, o austríaco acusado de ter mantido em cativeiro e violado a filha durante 24 anos e de ser responsável pela morte de um dos sete filhos nascidos dsta relação incestuosa, declarou-se esta quarta-feira culpado de todas as acusações que pendem sobre ele.
Ver + notícias
Mais notícias