Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
7

16 festas de casamento interrompidas por inspeção moçambicana por causa da Covid-19

Comemorações continuam a acontecer de forma clandestina no país, apesar das medidas impostas.
Lusa 3 de Março de 2021 às 07:21
Casamento
Casamento FOTO: Getty Images
A Inspeção Nacional de Atividades Económicas (INAE) de Moçambique interrompeu 16 festas de casamento durante o mês de fevereiro por violarem as restrições para prevenção da Covid-19, segundo um balanço daquela entidade.

De acordo com o INAE, apesar de estarem proibidos, os festejos associados ao matrimónio continuam a acontecer clandestinamente um pouco por todo o país, com destaque para Maputo e respetiva província e ainda Sofala, no centro. 

Da mesma forma, a inspeção registou vários casos de venda e consumo ilegal de bebidas alcoólicas na capital e subúrbios, sem quantificar.

Inspeção Nacional de Atividades Económicas Moçambique INAE questões sociais crime lei e justiça
Ver comentários