Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
4

Angola vai produzir menos dois milhões de quilates de diamantes devido à pandemia

Anúncio foi feito pelo presidente da Empresa Nacional de Diamantes no país, Ganga Júnior.
Lusa 15 de Maio de 2020 às 15:04
Em causa está a exclusão da empresa pública portuguesa da exploração de diamantes numa mina do leste de Angola
Em causa está a exclusão da empresa pública portuguesa da exploração de diamantes numa mina do leste de Angola FOTO: Sérgio Lemos
Angola perspetiva uma redução em 20% da produção de diamantes este ano, na ordem dos 10 milhões de quilates, devido à pandemia de covid-19, anunciou esta sexta-feira o presidente da Empresa Nacional de Diamantes de Angola (ENDIAMA).

"Nós tínhamos previsto inicialmente produzir cerca de 10 milhões de quilates para este ano e temos estado a ajustar, pensando que este período bastante complicado possa estar resolvido dentro dos próximos quatro meses (...) Consideramos neste momento uma redução da produção na ordem dos 20%, o que significa que nos devemos situar nos oito milhões de quilates pelo menos", disse o presidente do conselho de administração (PCA) da ENDIAMA, Ganga Júnior.

O responsável falava à margem do anúncio dos resultados do concurso público para a outorga de direitos mineiros para a prospeção e exploração de diamantes, ferro e fosfatos.

Ver comentários