Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
3

Autoridades alertam que centro de Moçambique continua sob risco de inundações

Passagem da tempestade Ana provocou pelo menos 20 mortos.
Lusa 28 de Janeiro de 2022 às 07:31
Tempestade Moçambique
Tempestade Moçambique FOTO: ANDRÉ CATUEIRA
A província moçambicana de Sofala continua sob alerta de inundações e uma nova depressão cresce no oceano Índico, após a passagem da tempestade Ana que provocou pelo menos 20 mortos, anunciaram autoridades e organizações de socorro.

Apesar de a intempérie já ter passado, a proteção civil alerta: "O risco de inundações continua", sobretudo na província de Sofala, centro de Moçambique, porque as chuvas não pararam e continuam a alimentar bacias hidrográficas que ficaram acima dos níveis de alerta nos últimos dias.

Segundo as autoridades, os distritos em maior risco são os de Nhamatanda e Buzi, dois dos que ficaram submersos durante o ciclone Idai em 2019, e ainda Caia e Chemba.

Moçambique Ana Sofala acidentes e desastres inundações questões sociais
Ver comentários