Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
5

Cabo Verde desmantela quadrilha que atuava na ilha Santiago

Foi aplicada a todos a medida de coação de prisão preventiva a todos os 15 arguidos.
Lusa 11 de Agosto de 2020 às 13:34
Arguidos têm idades compreendidas entre os 17 e os 30 anos
Arguidos têm idades compreendidas entre os 17 e os 30 anos FOTO: Dulceneia Ramos/Lusa
As autoridades cabo-verdianas desmantelaram uma quadrilha com 15 homens, suspeitos de vários crimes no interior da ilha de Santiago, entre eles roubo com violência e uso de arma, tendo todos ficado em prisão preventiva, foi esta terça-feira anunciado. 

Em comunicado, a Procuradoria-Geral da República (PGR) informou que a operação que levou a detenção dos homens aconteceu no âmbito da instrução dos autos registados na Procuradoria da República da Comarca de Santa Catarina de Santiago, e que contou com a coadjuvação da Polícia Nacional e da Polícia Judiciaria, bem como a colaboração da Polícia Militar.

O Ministério Público ordenou a detenção fora de flagrante delito de 15 arguidos, com idades compreendidas entre os 17 e os 30 anos.

Os detidos estão a ser acusados vários crimes praticados na localidade de Achada Lém, nomeadamente organização criminosa, homicídio agravado na sua forma tentada, roubo agravado com violência sobre pessoa, roubo com violência sobre coisas, dano qualificado, ofensa a integridade física agravada e crimes de arma.

 Os arguidos foram ouvidos em Tribunal, e em conformidade com o requerimento do Ministério Público, foi aplicada a todos a medida de coação de prisão preventiva, num processo que ainda continua em investigação e em segredo de justiça.

Cabo Verde ilha de Santiago Ministério Público polícia crime
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)