Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
5

Caso de pessoas enterradas vivas por populares em Maputo mostra "descrédito" na justiça

"É preciso dizer que a ação dos populares, é condenável a todos os níveis", refere ONG.
Lusa 27 de Junho de 2022 às 12:18
Maputo, Moçambique
Maputo, Moçambique FOTO: Getty Images
A organização moçambicana Centro para Democracia e Desenvolvimento (CDD) condenou esta segunda-feira o caso das sete pessoas enterradas vivas por populares em Maputo, considerando, no entanto, que a atitude da população resulta do "descrédito" nas instituições de justiça moçambicanas.

"É preciso dizer que a ação dos populares, ainda que condenável a todos os níveis, é consequência direta do descrédito das instituições de justiça", refere a organização não-governamental em seu Boletim sobre Direitos Humanos.

Em causa está o caso de sete pessoas, incluindo três agentes da polícia moçambicana, enterradas vivas por populares na província de Maputo na semana passada, acusados de roubo de gado.

Maputo Centro para Democracia e Desenvolvimento CDD política crime lei e justiça
Ver comentários
}