Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
8

Ciclone adia eleições presidenciais portuguesas na cidade moçambicana da Beira

Votação foi adiada para o próximo fim de semana.
Lusa 26 de Janeiro de 2021 às 12:11
Ciclone Eloise faz pelo menos três mortos na cidade da Beira em Moçambique
Ciclone Eloise faz pelo menos três mortos na cidade da Beira em Moçambique
Ciclone Eloise faz pelo menos três mortos na cidade da Beira em Moçambique
Ciclone Eloise faz pelo menos três mortos na cidade da Beira em Moçambique
Ciclone Eloise faz pelo menos três mortos na cidade da Beira em Moçambique
Ciclone Eloise faz pelo menos três mortos na cidade da Beira em Moçambique
Ciclone Eloise faz pelo menos três mortos na cidade da Beira em Moçambique
Ciclone Eloise faz pelo menos três mortos na cidade da Beira em Moçambique
Ciclone Eloise faz pelo menos três mortos na cidade da Beira em Moçambique
Os estragos causados pelo ciclone Eloise, que se abateu sobre o centro de Moçambique no sábado, obrigaram ao adiamento para o próximo fim-de-semana da votação no consulado da cidade da Beira para as presidenciais portuguesas, anunciou o cônsul-geral.


"Devido ao impacto do ciclone Eloise na cidade da Beira, a assembleia de voto para as eleições presidenciais funcionará neste consulado-geral no próximo fim de semana", entre as 8h00 e as 19h00 (06h00 e 17h00 em Lisboa) nos dias 30 e 31 de janeiro, anunciou João Patrício.

A cidade, uma das principais do país com cerca de meio milhão de habitantes, foi o primeiro ponto do continente a sofrer o embate com a tempestade na madrugada de sábado, com vento e chuva fortes.

Beira consulado presidenciais 2021 presidenciais portuguesas cidade da Beira Moçambique
Ver comentários