Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
2

Creches cabo-verdianas recebem 'kits' de higienização em ação conjunta com Unicef

Projeto envolve instituições de cinco ilhas de Cabo Verde e um financiamento de mais de 22 mil euros.
Lusa 14 de Agosto de 2020 às 10:58
Homem bebeu álcool-gel
Homem bebeu álcool-gel FOTO: Direitos Reservados
Um total de 74 creches cabo-verdianas vão receber 'kits' de higienização e de proteção individual, no quadro do combate à covid-19, projeto envolvendo o Estado e o Unicef, abrangendo 1.700 crianças desfavorecidas.

Segundo informação governamental, o projeto arranca simbolicamente esta manhã, com a entrega dos 'kits' no Jardim Infantil Sorriso, da Liga Nazarena, na cidade da Praia, mas ao todo envolve instituições de cinco ilhas de Cabo Verde e um financiamento de 2,5 milhões de escudos (22.500 euros).

A ação é promovida pela Direção-Geral de Inclusão social, enquanto órgão regulador e gestor da Rede Nacional de Creches, em parceria com o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef, na sigla em inglês), segundo o plano de trabalho anual definido entre as duas instituições.

"O objetivo desta entrega é reforçar a higienização desses espaços e reduzir os riscos de contágio e disseminação da covid-19", explicou fonte do Governo cabo-verdiano, acrescentando que a medida vai beneficiar creches e instituições do ensino pré-escolar geridos por organizações não-governamentais, confissões religiosas, autarquias e instituições privadas dos concelhos da Praia, São Domingos e Santa Cruz (ilha de Santiago), bem como das ilhas do Sal, São Vicente, São Nicolau e Santo Antão.

"Cobrindo cerca de 1.700 crianças provenientes de famílias vulneráveis", explicou ainda a fonte.

Como critérios para a distribuição destes 'kits', além de serem instituições acreditadas pelo Ministério da Família e da Inclusão Social, foi estabelecida a obrigatoriedade de estarem localizadas em zonas periféricas dos centros das cidades e prestarem cuidados a crianças "socioeconomicamente vulneráveis".

No último ano letivo (2019/20), cujas aulas presencias terminaram em março, para travar a progressão da covid-19, Cabo Verde contava com cerca de 12.000 crianças no ensino pré-escolar.

Cabo Verde registava ao final do dia 13 de julho um acumulado total de 3.073 casos de covid-19 diagnosticados desde 19 de março, com 33 óbitos.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 750 mil mortos e infetou quase 21 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Mais informação sobre a pandemia no site dedicado ao coronavírus - Mapa da situação em Portugal e no Mundo. - Saiba como colocar e retirar máscara e luvas - Aprenda a fazer a sua máscara em casa - Cuidados a ter quando recebe uma encomenda em casa. - Dúvidas sobre coronavírus respondidas por um médico Em caso de ter sintomas, ligue 808 24 24 24
Unicef Estado Cabo Verde questões sociais grupos populacionais crianças kits higiene pandemia coronavírus
Ver comentários