Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
1

Dono de conhecida loja de roupa raptado em Maputo

Vítima acabou libertada em circunstâncias até agora não conhecidas.
4 de Julho de 2019 às 09:10
Bandeira de Moçambique
Bandeira de Moçambique FOTO: Getty Images
Um empresário moçambicano, dono de uma conhecida loja de roupa no centro de Maputo, foi raptado há cerca de duas semanas, informou esta quinta-feira o Comando-Geral da Polícia da República de Moçambique (PRM).

Em declarações à Lusa, o porta-voz do Comando-Geral da PRM, Orlando Modumane, confirmou o desaparecimento do empresário, que já tinha sido noticiado por alguns órgãos de comunicação social, mas sem confirmação oficial.

Orlando Modumane adiantou que o Serviço Nacional de Investigação Criminal (Sernic) está a investigar o caso, mas não entrou em pormenores apontando a "fase secreta em que o processo" se encontra.

O empresário é o segundo homem de negócios a ser raptado este ano em Maputo, depois de o proprietário de uma conhecida casa de vinhos da capital ter ficado em cativeiro durante algumas semanas.

A vítima acabou libertada em circunstâncias até agora não conhecidas.

Desde 2012 que as principais cidades moçambicanas foram alvos de uma onda de raptos, contudo este tipo de crime quase desapareceu nos últimos meses, aparentemente devido a uma série de detenções e condenações de pessoas envolvidas nesses delitos.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)