Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
9

Empresa angolana de capital português cria novo centro de hemodiálise em Angola

Socifarma, fundada em 2012, atua na área da distribuição farmacêutica em Angola e conta com 280 colaboradores portugueses e angolanos.
Lusa 10 de Julho de 2019 às 15:11
Tratamento permite simular as funções dos rins que foram perdidas, retirando do sangue as substâncias prejudiciais
Hemodiálise
Tratamento permite simular as funções dos rins que foram perdidas, retirando do sangue as substâncias prejudiciais
Hemodiálise
Tratamento permite simular as funções dos rins que foram perdidas, retirando do sangue as substâncias prejudiciais
Hemodiálise
A Socifarma, empresa angolana participada pelo Grupo Cooprofar-Medlog, criou um novo centro de hemodiálise público em Angola, em parceria com o Governo, num investimento de 3,4 milhões de euros, adiantou esta quarta-feira.

O centro tem capacidade diária para seguir 144 pacientes com insuficiência renal, mas a curto prazo prevê-se que aumente para os 180, referiu, em comunicado.

"Esta nova unidade permitirá melhorar a qualidade de vida e reduzir os custos a doentes que, atualmente, se veem obrigados a efetuar os seus tratamentos em Benguela, a quase 500 quilómetros [de Luanda -- capital de Angola]", sublinhou.

Segundo a empresa, o novo centro de hemodiálise, localizado no Hospital Geral do Lubango, Província de Huíla, vai ser uma referência a nível nacional com tecnologia de última geração, servindo toda a região Sul de Angola.

A Socifarma prestou o seu contributo através de apoio técnico e de `know-how´, ao nível da logística, formação de técnicos, instalação e manutenção de equipamentos.

Além disso, o Governo de Angola contou ainda com a contribuição da Fresenius Medical Care, líder mundial no setor da hemodialise, para a edificação do centro.

"A criação de parcerias que conjugam o `know-how´ e o conhecimento técnico português, com a vontade e os meios disponíveis em países como Angola, tem-se revelado uma enorme mais-valia nas relações entre os continentes europeu e africano, com ganhos significativos para a sua população", frisou.

A Socifarma, fundada em 2012, atua na área da distribuição farmacêutica em Angola e conta com 280 colaboradores portugueses e angolanos.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)