Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
8

Empresário chinês suspeito de falsificar dinheiro detido em Angola

Polícia angolana deteve um cidadão angolano e sete chineses em posse de mais de 50 milhões de kwanzas falsos.
Lusa 27 de Dezembro de 2019 às 15:03
Detenção
Detenção FOTO: Duarte Roriz
A polícia angolana deteve um cidadão angolano e sete chineses em posse de mais de 50 milhões de kwanzas falsos (93 mil euros), suspeitos de contrafacção de dinheiro, no centro comercial Cidade da China, em Luanda, noticia esta sexta-feira a imprensa local.

Segundo a polícia angolana, o cidadão angolano, auxiliar de limpeza no centro comercial, foi detido enquanto fazia compras com notas falsas, no mercado da Estalagem, município angolano de Viana, tendo sido detetado pelas vendedoras.

Na sequência das investigações, já com o envolvimento do Serviço de Investigação Criminal (SIC) angolano, adianta a corporação, foram encontrados em posse do angolano 50,2 milhões de kwanzas falsificados.

Entre os sete chineses detidos na quarta-feira, está um empresário e proprietário de uma firma chinesa suspeito no envolvimento do esquema de contrafacção da moeda.

De acordo com o Procurador da República no município angolano de Viana, Luís Bento Júnior, a detenção dos sete cidadãos chineses deveu-se às acusações feitas pelo auxiliar de limpeza.

Segundo o magistrado judicial, as investigações prosseguem "em busca da verdade material" e os implicados continuam detidos.

Angola Luanda Cidade da China Viana crime lei e justiça crime económico falsificação dinheiro
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)