Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
1

Guiné-Bissau regista 18 casos de coronavírus

Autoridades sanitárias revelaram que alguns infetados estão a demonstrar resistência para serem transferidos para o hospital.
Lusa 4 de Abril de 2020 às 15:18
Utentes referenciados pelo Serviço Nacional de Saúde fazem rastreio ao coronavírus em Lisboa
Utentes referenciados pelo Serviço Nacional de Saúde fazem rastreio ao coronavírus em Lisboa FOTO: Bruno Colaço
As autoridades sanitárias guineenses anunciaram este sábado que subiu para 18 o número de pessoas que testaram positivo para o novo coronavírus, e que alguns dos infetados estão a demonstrar resistência para serem transferidos para o hospital.

O anúncio foi feito pelos médicos Tumane Baldé e Dionísio Cumba, elementos do Centro Operacional de Emergência de Saúde (COES), criado pelas autoridades para responder à pandemia da covid-19, na Guiné-Bissau.

Na apresentação diária da evolução da doença, Tumane Baldé afirmou que, das 14 amostras em análise, três testaram positivo, 11 negativo, o que perfaz 18 pessoas infetadas na Guiné-Bissau, até ao dia de hoje.

O médico indicou que todos os doentes apresentam um quadro clínico leve e que alguns são até assintomáticos.

Tumane Baldé avisou que os casos suspeitos (atualmente 37) poderão aumentar, uma vez que decorrem os inquéritos para localizar pessoas que estiveram em contacto com eles.

Dionísio Cumba referiu que existem informações de haver "alguma resistência de alguns doentes" em serem transferidos para o hospital Simão Mendes, local de isolamento e tratamento, determinado pelas autoridades.

Alguns dos infetados não estão a respeitar as orientações em termos de auto-isolamento, assinalou Dionísio Cumba.

Entre os infetados, dois são cidadãos estrangeiros, os restantes são guineenses.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já infetou mais 1,2 milhões de pessoas em todo o mundo, das quais morreram perto de 60 mil.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)