Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo

Homem mata mulher por não dar comida ao cão

Suspeito agarrou a vítima pelo pescoço e bateu-lhe com a cabeça contra a parede várias vezes.
Lusa 15 de Agosto de 2020 às 21:04
Violência doméstica
Violência doméstica FOTO: iStockPhoto
Um homem de 25 anos, acusado de matar a mulher no Uíje, após uma discussão sobre a comida do cão, foi detido na quinta-feira e está indiciado pelo crime de homicídio voluntário, anunciaram hoje as autoridades angolanas.

Segundo o Serviço de Investigação Criminal (SIC) do Uíje, o caso aconteceu no bairro Papelão, zona 3, quando a vítima se encontrava a dormir em casa e o marido chegou, em estado de embriaguez, perguntando pela comida.

A filha respondeu que se encontrava em cima da mesa. Indignado com a resposta da filha, o homem questionou se o cão já tinha comido, e a mulher respondeu que o cão não era mais importante que as pessoas.

O casal iniciou uma discussão e minutos depois, o suspeito agarrou a vítima pelo pescoço e bateu-lhe com a cabeça contra a parede várias vezes, tendo esta caído.

A vítima, com uma hemorragia nos ouvidos, foi socorrida no Hospital Geral do Uíge, onde mais tarde acabou por falecer.

"O suspeito já está a contas com o SIC e será presente ao Ministério Público para os devidos procedimentos processuais", informaram ainda as autoridades angolanas.

Uíje questões sociais crime lei e justiça morte política prisão
Ver comentários