Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
4

Mistério com vinte jovens mortos numa discoteca na África do Sul

Mortes ainda sem explicação oficial. Vítimas, com idades entre os 18 e os 20 anos, tinham reservado sala para festa.
Rodrigo Guimarães 27 de Junho de 2022 às 08:36
Autoridades retiraram os corpos das vítimas, sem ferimentos aparentes
Autoridades retiraram os corpos das vítimas, sem ferimentos aparentes FOTO: REUTERS/Stringer
Pelo menos 20 jovens morreram, no sábado à noite, numa popular discoteca da cidade de East London, na África do Sul, chamada Enyobeni Tavern. No entanto, há um grande mistério em torno deste caso, porque não foi possível apurar as causas das mortes.

As vítimas, encontradas durante a madrugada deste domingo, tinham idades compreendidas entre os 18 e os 20 anos e não apresentavam ferimentos aparentes, segundo revelaram as autoridades sul-africanas. Só as autópsias poderão explicar o que ali se passou e desvendar o mistério. Contudo, há cenários que já foram descartados, como o de uma eventual debandada no interior da discoteca, que foi primeira hipótese a ser sugerida, mas que não se confirmou visto que nenhum dos jovens apresentava escoriações compatíveis com essa versão.

A polícia está a encarar a hipótese de um envenenamento coletivo ter provocado a morte deste grupo, admitindo que as vítimas participavam em uma de duas festas de aniversário que, de acordo com a página de Facebook da discoteca, tinham reservado o espaço na noite de sábado para domingo.

Muitos familiares das vítimas acorreram à discoteca e os pais juntaram-se à porta do estabelecimento, exigindo ver os corpos dos filhos. O próprio Presidente da África do Sul, Cyril Ramaphosa, fez uma declaração a lamentar a tragédia.
Ver comentários
}