Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
9

Mulher grávida morreu na debandada em jogo da CAN

Há oito mortos e 38 feridos confirmados.
Correio da Manhã 25 de Janeiro de 2022 às 18:36
Estádio Olembe
Estádio Olembe FOTO: Reuters
O jogo Camarões-Comores, nos oitavos-de-final da CAN, tinha tudo para ser memorável, mas uma tragédia ocorrida à porta do estádio tornou-o inesquecível pelas piores razões. Uma multidão forçou a entrada no Estádio Olembe, na capital dos Camarões, o que resultou numa debandada. Há neste momento oito mortos e 38 feridos confirmados, sendo que sete deles estão em estado grave.

Uma das pessoas que morreu terá sido uma mulher grávida, segundo os relatos de pessoas que assistiram à tragédia na primeira pessoa. "Havia uma mulher grávida que morreu. Havia outra que tinha um bebé mas não sabemos onde está a mãe. O bebé está connosco. Há muita gente morta lá dentro", disse um dos presentes à Équinoxe TV, um canal de televisão camaronês.
CAN Camarões-Comores Estádio Olembe Camarões questões sociais desporto futebol debandada mortes
Ver comentários