Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
8

Pelo menos 38 guerrilheiros da Renamo entregaram as armas no centro de Moçambique

Medida faz parte do relançamento de um processo que começou com a assinatura do acordo em agosto do ano passado.
Lusa 5 de Junho de 2020 às 15:04
Guerrilheiros da Renamo na região da Gorongosa
Guerrilheiros da Renamo na região da Gorongosa FOTO: Jinty Jackson/AFP/Getty Images
Pelo menos 38 guerrilheiros da Resistência Nacional Moçambicana (Renamo) em Sofala entregaram, entre quinta-feira e esta sexta-feira, as armas no âmbito do processo de Desarmamento, Desmobilização e Reintegração (DDR) do braço armado daquele partido de oposição.

"Trata-se do relançamento de um processo que começou com a assinatura do acordo [de paz] em agosto do ano passado", disse à Lusa o porta-voz da Renamo, José Manteigas.

A desmobilização deste grupo está a ser feita por fases, devido às medidas de prevenção contra a pandemia da covid-19.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)