Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
9

PM de Moçambique lança campanha de vacinação contra cólera no norte do país

Iniciativa vai abranger mais de 350 mil pessoas.
Lusa 21 de Setembro de 2020 às 14:51
Vacinação contra a cólera
Vacinação contra a cólera FOTO: Marisa Serafim/Lusa
O primeiro-ministro moçambicano, Carlos Agostinho do Rosário, lançou hoje a campanha de vacinação contra a cólera em Cabo Delgado, uma iniciativa avaliada em 17 milhões de meticais (201 mil euros) e que vai abranger mais de 350 mil pessoas.

"Para que esta campanha alcance os objetivos desejados é necessária a participação e envolvimento ativo de todos nós, cada um deve ser um agente mobilizador de modo a termos maior adesão da população", disse o governante, durante a cerimónia de lançamento da campanha em Pemba, capital de Cabo Delgado, província do norte de Moçambique.

Segundo Carlos Agostinho do Rosário, a campanha vai abranger um total de 366.750 pessoas de cinco distritos da província afetados pela cólera, nomeadamente Metuge, Ibo, Macomia, Mocímboa da Praia e Pemba.

A campanha de vacinação contra a cólera vai decorrer em duas fases, a primeira que arranca hoje até 25 de setembro e a segunda vai decorrer de 12 a 17 de outubro, avançou o governante.

"O único e real propósito desta campanha é melhorar o estado de saúde dos nossos concidadãos nesta região do país e nada mais. Uma pessoa vacinada está protegida da cólera e desta forma diminui o risco de transmitir a doença aos outros", acrescentou.

A campanha vai envolver 119 equipas de saúde e, este ano, a ação vai levar as equipas até junto das famílias, para evitar aglomerações em unidades de saúde e combater a propagação do novo coronavírus.

De acordo com os últimos dados, a província de Cabo Delgado registou, desde fevereiro deste ano, mais de 1.600 casos de cólera e 27 óbitos.

PM Pemba Moçambique Carlos Agostinho do Rosário Cabo Delgado política saúde
Ver comentários