Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
2

Polícia de Luanda nega responsabilidades sobre morte de jovem durante manifestação

Autoridades afirmam que a vítima acabou por morrer na unidade hospitalar na sequência de uma intervenção cirúrgica.
Lusa 13 de Novembro de 2020 às 16:27
Manifestações em Luanda
Manifestações em Luanda FOTO: Lusa
O porta-voz do comando provincial de Luanda da polícia afastou esta sexta-feira qualquer responsabilidade dos agentes na morte de um jovem durante a manifestação de quarta-feira passada na capital angolana, reiterando que a atuação policial foi "legal e legítima".

"O jovem não morreu na manifestação e essas foram as declarações dos médicos sobre a morte do jovem, logo a morte do jovem não teve nada a ver com a polícia", disse esta sexta-feira Nestor Goubel.

Segundo o representante, o jovem não foi morto a tiro durante a manifestação - como afirmam ativistas -, mas morreu na unidade hospitalar na sequência de uma intervenção cirúrgica.

Luanda questões sociais manifestação conflitos polícia autoridades morte
Ver comentários