Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
2

Polícia mata homem em Luanda ao repreender jovens que não usavam máscara

"Foi um incidente de trabalho", disse as autoridades.
Lusa 13 de Julho de 2020 às 13:45
Coronavírus em Angola
Coronavírus em Angola FOTO: Lusa
Um homem foi esta segunda-feira morto pela polícia, na província de Luanda, capital de Angola, na sequência de um desentendimento após uma repreensão a um grupo de jovens por não usarem máscaras, disse à agência Lusa fonte policial.

Segundo o porta-voz do comando provincial de Luanda da Polícia Nacional, Nestor Goubel, tratou-se de um incidente, ocorrido por volta das 02:00 de hoje, que envolveu um jovem, que se encontrava num grupo de pessoas alegadamente sem respeitarem as medidas de prevenção da covid-19, impostas pelas autoridades.

"Foi um incidente de trabalho, o colega estava no seu exercício e no âmbito da fiscalização dos incumprimentos, um grupo de jovens, no Prenda, insurgiram-se contra a polícia e na tentativa de os afastar o colega acidentalmente disparou, atingindo mortalmente um deles", explicou Nestor Goubel.

Lusa Luanda Angola Nestor Goubel crime lei e justiça polícia forças policiais
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)