Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
3

A tragédia que comoveu o mundo: Foi há um ano que Julen morreu após cair num poço em Málaga

Bebé de dois anos era "apaixonado pelo triciclo e muito ativo".
Correio da Manhã 13 de Janeiro de 2020 às 09:03
Julen foi sepultado ao lado do irmão, Óliver, que morreu há dois anos
Pais de Julen
Julen foi sepultado ao lado do irmão, Óliver, que morreu há dois anos
Pais de Julen
Julen foi sepultado ao lado do irmão, Óliver, que morreu há dois anos
Pais de Julen
Do frenesim com todo o tipo de máquinas de resgate para salvar Julen ao silêncio que hoje se vive em Málaga, Espanha. Faz esta segunda-feira um ano que o pequeno Julen de dois anos morreu dentro de um poço tendo movido dezenas de meios para o salvar. 

O Mundo parou para conhecer Julen, o menino "que vivia apaixonado pelo seu triciclo", na esperança de que este fosse resgatado. A história acabou por não ter um final feliz. Julen foi resgatado sem vida após 13 dias dentro daquele buraco.

O relatório final concluiu que o bebé morreu por volta das 13h50 do dia 13 de janeiro e que, devido à queda, sofreu um traumatismo cranioencefálico, segundo avançaram as autoridades espanholas. Os resultados revelaram ainda que "o tempo de sobrevivência foi curto" e que Julen morreu poucos minutos depois de ter batido com a cabeça após entrar em queda livre.

A causa da sua morte é uma das poucas certezas deste acidente que será julgado a partir de dia 21 de janeiro em Málaga. David Serrano, tio do menino e proprietário do terreno onde o menino caiu num poço, escondido da vista e sem sinalização, é o único arguido. Poderá ser condenado a uma pena de três e três anos e meio de prisão por homicídio por negligência. 

O tio do menino, dono de terreno onde a criança morreu, apresentou um documento no Tribunal de Instrução de Málaga, e defendeu que a morte da criança foi causada pelo equipamento e métodos utilizados durante as operações de resgate.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)