Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
9

ACT faz mais de 40 inspeções à Ryanair em 2 anos e deteta 7 tipos de irregularidades

A "prática de coação e substituição de trabalhadores grevistas" é um dos exemplos de infrações.
Lusa 21 de Agosto de 2020 às 15:26
 Ryanair
Ryanair FOTO: Direitos Reservados
A Autoridade para as Condições do Trabalho (ACT) realizou, nos últimos dois anos, mais de 40 ações inspetivas à Ryanair e a empresas que trabalham com a companhia aérea, detetando sete tipos de infrações, disse a entidade à Lusa.

"Nos últimos dois anos, a ACT realizou mais de 40 intervenções inspetivas nas quais foram adotados procedimentos contraordenacionais por infrações" de sete tipos, pode ler-se em respostas da entidade a questões enviadas pela agência Lusa.

Os procedimentos contraordenacionais foram abertos em matérias relacionadas com "prática de coação e substituição de trabalhadores grevistas", "cedência ilícita de trabalhadores entre a Ryanair e a Crewlink Ireland [empresa de trabalho temporário de tripulantes], uma vez que esta última não se encontrava licenciada para o efeito" ou "trabalho prestado à Ryanair por trabalhadores temporários para além dos limites legalmente estabelecidos".

Ryanair ACT inspeções aviação
Ver comentários