Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
2

Alterações climáticas estão a criar "condições ideais" para doenças infecciosas, avança relatório

Estudo mostra que os sistemas de saúde nacionais estão mal preparados para choques atuais e futuros induzidos pelo clima.
Lusa 21 de Outubro de 2021 às 00:07
Alterações climáticas
Alterações climáticas FOTO: Luís Guerreiro
As alterações climáticas estão a gerar "condições ideais" para várias doenças infecciosas, mas apenas 0,3% do financiamento global para combater as mudanças do clima são destinados à adaptação dos sistemas de saúde, alerta um relatório hoje divulgado.

"As mudanças climáticas estão a criar as condições ideais para a transmissão de doenças infecciosas, potencialmente desfazendo décadas de progresso para controlar doenças como dengue, zika, malária e cólera", adianta o relatório de 2021 da revista científica The Lancet sobre a saúde e alterações climáticas.

O estudo, que acompanha 44 indicadores de impactos na saúde diretamente ligados às mudanças climáticas, avança que, a nível geral, os sistemas de saúde nacionais estão mal preparados para choques atuais e futuros induzidos pelo clima, já que apenas 45 de um conjunto de 91 países (49%) avaliaram as respetivas vulnerabilidades nesta matéria.

saúde meteorologia alterações climáticas relatório estudo investigação sistemas de saúde
Ver comentários