Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
1

Amor improvável: traficante de droga junta-se a guarda prisional após se apaixonarem na prisão

Em 2019, Simone conseguiu liberdade condicional e resolveu procurar o perfil da guarda prisional no Facebook para lhe agradecer.
Correio da Manhã 29 de Novembro de 2020 às 18:42
Simone Starr e Britt Young
Simone Starr e Britt Young FOTO: Facebook

Uma ex-traficante de droga e prostituta reencontrou o amor ao lado de uma guarda prisional na Austrália, relata o jornal britânico Daily Star. As duas conheceram-se quando esta cumpria pena de prisão.

Outrora modelo, foi o tráfico de droga que levou Simone Starr pela primeira vez para trás das grades em 2009, quando cumpriu seis anos e meio de prisão na cadeia feminina de Dillaynia. Em 2017 integrou um intenso programa de reabilitação e foi aí que a guarda prisional Britt Young verificava como estava Simone diariamente durante quase três anos. 

Simone diz não ter havido atração romântica ao início, mas que a guarda prisional a tinha ensinado a ter mais respeito por si própria. Foi também graças a si que conseguiu acabar o ensino secundário e até ir para a universidade. Nunca mais se viram a partir do momento em que Simone foi transferida para outro estabelecimento prisional.

Em 2019, Simone conseguiu liberdade condicional e resolveu procurar o perfil da guarda prisional no Facebook para lhe agradecer, dois anos depois de se terem visto pela última vez. No entanto, Britt disse que não era correto falar com uma ex-presidiária. Perante isso, Simone pediu-lhe que a contactasse caso um dia deixasse a profissão. Britt confessa que ficou com a sensação de que deveria dar uma oportunidade à relação, então acabou mesmo por se despedir. Marcaram um café e nunca mais se largaram. Vivem agora juntas em Sydney, na Austrália.

Austrália Britt Young Simone Starr crime lei e justiça prisão amor
Ver comentários