Milhares de apoiantes do presidente dos EUA, Donald Trump, reuniram-se esta quarta-feira em protesto à frente do Congresso para impedir a validação da vitória de Joe Biden, que deverá tomar posse no próximo dia 20. Os protestos subiram de tom e vários manifestantes invadiram o Capitólio.

As milhares de pessoas pró-Trump ultrapassaram as barreiras de segurança, destruíram as janelas do edifício em Washington e lançaram o caos.

No decorrer dos tumultos entre manifestantes e segurança, pelo menos uma mulher foi baleada na região do pescoço e foi transportada para o hospital em estado crítico onde acabou, mais tarde, por morrer. A polícia de Washington DC anunciou durante a noite que pelo menos cinco pessoas morreram na invasão.

Há ainda pelo menos 14 polícias feridos tendo pelo menos um sido hospitalizado. Pelo menos 52 pessoas foram detidas.

Os trabalhos para a certificação dos resultados da eleição de Joe Biden como novo presidente dos EUA só foram retomados cerca da 1 da manhã. Após a confusão, foram vários os republicanos que mudaram o seu sentido de voto, em vários estados, dando mais força à vitória democrata de Joe Biden, que foi confirmada pelo Congresso.