Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
4

Arábia Saudita suspende entrada de peregrinos para Meca e Medina

Também turistas provenientes de zonas de risco impedidos de se aproximarem dos lugares sagrados do Islão.
Lusa 27 de Fevereiro de 2020 às 07:53
Peregrinos em Meca
Peregrinos em Meca
Peregrinos em Meca
Peregrinos em Meca
Peregrinos em Meca
Peregrinos em Meca
Peregrinos em Meca
Peregrinos em Meca
Peregrinos em Meca
A Arábia Saudita suspendeu esta quinta-feira temporariamente a entrada de peregrinos que visitam a mesquita do profeta Maomé e os lugares sagrados do Islão em Meca e Medina, bem como turistas de países afetados pelo coronavírus Covid-19.

O Ministério dos Negócios Estrangeiros saudita publicou uma lista de medidas para "prevenir e eliminar" a expansão do novo coronavírus, que inclui a "suspensão temporária da entrada no reino para os propósitos da 'umra'", uma peregrinação a Meca que pode ser realizada a qualquer altura do ano.

O Ministério também informou que a entrada no reino com vistos de turista está impedida a pessoas de países afetados pelo novo coronavírus.

Maomé Arábia Saudita Ministério dos Negócios Estrangeiros Covid-19 Islão Medina Meca religião
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)