Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
1

Assalto a avião carregado de milhões termina com seis mortos

Aparelho de transporte de valores foi atacado na cidade brasileira de Salgueiro.
Domingos Grilo Serrinha e correspondente no Brasil 27 de Setembro de 2018 às 14:33
Avião assaltado no Brasil
Avião assaltado no Brasil FOTO: Direitos Reservados

Seis homens foram mortos e outro ficou gravemente ferido por forças policiais no aeroporto da cidade brasileira de Salgueiro, no sertão do estado de Pernambuco, no nordeste do país, ao tentarem assaltar um avião de transporte de valores. Os outros membros do grupo que participaram na tentativa de assalto conseguiram fugir no meio do intenso tiroteio.

Os assaltantes, em grande número e armados com fuzis de guerra e metralhadoras pesadas, atacaram quando a aeronave aterrou na pista carregada com malotes repletos de dinheiro para abastecer os bancos da cidade. Os criminosos dominaram os seguranças das carrinhas de transporte de valores que aguardavam os milhões na pista e atiraram no piloto do avião quando o aparelho nem se tinha ainda imobilizado totalmente.

Foi nessa altura que um forte contingente policial, formado por agentes da Polícia Federal, da Polícia Rodoviária Federal, da Polícia Militar e da Polícia Civil dos estados de Pernambuco e da Bahia, entrou em ação. Travou-se uma verdadeira batalha com armas pesadas, de que resultaram os seis suspeitos mortos e o outro ferido, e o assalto foi impedido.

Um vídeo publicado nas redes sociais permite ouvir os tiros disparados durante o assalto. As imagens mostram a pista em fundo, mas leo som percebe-se que foram disparados vários tiros.



De acordo com informações avançadas pela polícia, o grupo, que já estava a ser monitorizado há algum tempo, praticou nos últimos anos inúmeros assaltos a bancos e a carrinhas de transporte de valores tanto no estado da Bahia quanto no vizinho Pernambuco. Tendo conseguido informações de que os criminosos atacariam o avião, que transportava uma fortuna de valor não divulgado, as polícias dos dois estados e os agentes federais decidiram agir em conjunto e montar a emboscada no próprio aeroporto da cidade. 

Ver comentários