Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
3

Assassinado a tiro padre lusodescendente na Venezuela por resistir a assalto

Vítima tinha participado "numa reunião com vários anciãos" daquela localidade e "ao sair da casa paroquial, foi intercetado pelos criminosos".
Lusa 21 de Outubro de 2020 às 15:32
Padre
Padre FOTO: Getty Images
Desconhecidos assassinaram esta quarta-feira, a tiro, um padre luso-venezuelano, no Estado venezuelano de Cojedes (270 quilómetros a sudoeste de Caracas), disseram à agência Lusa fontes da comunidade portuguesa local.

Segundo as fontes, o padre, de cerca de 40 anos de idade, foi assassinado "nas proximidades da Igreja São João Baptista, em São Carlos", no Estado de Cojedes e teria sido baleado "depois de opor resistência" a um assalto.

Segundo a rádio local Class 98.7 FM Notícias, a vítima tinha participado "numa reunião com vários anciãos" daquela localidade e "ao sair da casa paroquial, foi intercetado pelos criminosos".

Venezuela Estado Caracas Estado de Cojedes crime lei e justiça crime homicídio
Ver comentários