Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
2

Atuação de polícia que matou cidadão negro nos EUA gera revolta e caos nas ruas de Minneapolis

Balas de borracha e gás lacrimogéneo foram disparados contra as centenas de manifestantes nas ruas do estado norte-americano.
Iúri Martins 27 de Maio de 2020 às 09:20
Atuação de polícia que matou cidadão negro nos EUA gera caos nas ruas de Minneapolis
Atuação de polícia que matou cidadão negro nos EUA gera caos nas ruas de Minneapolis
Atuação de polícia que matou cidadão negro nos EUA gera caos nas ruas de Minneapolis
Atuação de polícia que matou cidadão negro nos EUA gera caos nas ruas de Minneapolis
Atuação de polícia que matou cidadão negro nos EUA gera caos nas ruas de Minneapolis
Atuação de polícia que matou cidadão negro nos EUA gera caos nas ruas de Minneapolis
Atuação de polícia que matou cidadão negro nos EUA gera caos nas ruas de Minneapolis
Atuação de polícia que matou cidadão negro nos EUA gera caos nas ruas de Minneapolis
Atuação de polícia que matou cidadão negro nos EUA gera caos nas ruas de Minneapolis
Atuação de polícia que matou cidadão negro nos EUA gera caos nas ruas de Minneapolis
Atuação de polícia que matou cidadão negro nos EUA gera caos nas ruas de Minneapolis
Atuação de polícia que matou cidadão negro nos EUA gera caos nas ruas de Minneapolis
Atuação de polícia que matou cidadão negro nos EUA gera caos nas ruas de Minneapolis
Atuação de polícia que matou cidadão negro nos EUA gera caos nas ruas de Minneapolis
Atuação de polícia que matou cidadão negro nos EUA gera caos nas ruas de Minneapolis
Atuação de polícia que matou cidadão negro nos EUA gera caos nas ruas de Minneapolis
Atuação de polícia que matou cidadão negro nos EUA gera caos nas ruas de Minneapolis
Atuação de polícia que matou cidadão negro nos EUA gera caos nas ruas de Minneapolis
Atuação de polícia que matou cidadão negro nos EUA gera caos nas ruas de Minneapolis
Atuação de polícia que matou cidadão negro nos EUA gera caos nas ruas de Minneapolis
Atuação de polícia que matou cidadão negro nos EUA gera caos nas ruas de Minneapolis
Atuação de polícia que matou cidadão negro nos EUA gera caos nas ruas de Minneapolis
Atuação de polícia que matou cidadão negro nos EUA gera caos nas ruas de Minneapolis
Atuação de polícia que matou cidadão negro nos EUA gera caos nas ruas de Minneapolis
Atuação de polícia que matou cidadão negro nos EUA gera caos nas ruas de Minneapolis
Atuação de polícia que matou cidadão negro nos EUA gera caos nas ruas de Minneapolis
Atuação de polícia que matou cidadão negro nos EUA gera caos nas ruas de Minneapolis
Atuação de polícia que matou cidadão negro nos EUA gera caos nas ruas de Minneapolis
Atuação de polícia que matou cidadão negro nos EUA gera caos nas ruas de Minneapolis
Atuação de polícia que matou cidadão negro nos EUA gera caos nas ruas de Minneapolis
O vídeo de um polícia a imobilizar um cidadão negro que dizia desesperadamente que não estava a conseguir respirar chocou o Mundo e provocou o caos em Minneapolis, nos Estados Unidos.

A atuação do agente, e dos restantes colegas que impávidos e serenos assistiam ao que ali se passava, acabou por matar o afro-americano de 40 anos, George Floyd.

"Não consigo respirar". É a frase que fica retida na memória daqueles que assistiram às imagens chocantes da detenção de George Floyd. A polícia defende a tese que o cidadão afro-americano terá tentado resistir à detenção. 

[Atenção: O vídeo pode ferir a suscetibilidade dos leitores mais sensiveis]
Tudo aconteceu durante o fim-de-semana mas as imagens apenas vieram a público na segunda-feira e foi durante esta terça-feira que milhares saíram às ruas para pedir justiça contra a atuação da polícia.

"Parem de matar cidadãos negros" ou "Justiça para Floyd", podia ler-se nos vários cartazes erguidos por manifestantes nas longas marchas contra a atuação dos agentes da cidade de Minneapolis nos EUA.

A polícia foi obrigada a disparar balas de borracha e gás lacrimogéneo para desmobilizar o enorme cordão humano que preencheu as ruas da cidade norte-americana. Entre os manifestantes era ainda possível ver lágrimas de revolta e várias dezenas de pessoas com a cara coberta de leite para reduzir os efeitos do gás lacrimogéneo disparado pelas autoridades.

Os quatro agentes envolvidos na morte de George Floyd foram despedidos e o FBI lançou uma investigação ao caso da sua morte.
Estados Unidos Minneapolis EUA George Floyd Mundo questões sociais crime lei e justiça polícia
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)