Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo

Autoridades resgatam 13 crianças vítimas de abusos sexuais nas Filipinas. Crimes eram transmitidos online

Uma mãe, associada ao caso, terá mesmo permitido que quatro de seus próprios filhos fossem abusados.
Correio da Manhã 7 de Junho de 2020 às 15:26
criança xx
criança xx FOTO: Direitos Reservados / Pixabay

Três homens australianos foram presos depois de terem abusado sexualmente de ccrianças e terem incentivado o crime nas Filipinas.

Para além da detenção dos 
três suspeitos, a polícia também descobriu um esconderijo sexual de horror, no qual 13 crianças, a mais nova com apenas 12 meses de idade, foram vítimas de abuso sexual diante de câmaras que gravavam em direto para que outras pessoas pudessem assistir.

Uma mãe, associada ao caso, terá mesmo permitido que quatro de seus próprios filhos fossem abusados.

A Polícia Federal da Austrália trabalhou em estreita colaboração com os colegas nas Filipinas, recolhendo informações sobre turistas ou locais que possam estar envolvidos com abusos sexuais de crianças.

Os esforços foram coordenados por meio da Missão Internacional de Justiça que, em maio deste ano, resultou em 23 crianças salvas e várias detenções.

De acordo com o Daily Mail, Kevin Raymond Doyle, de 57 anos, enfrenta um total de 75 acusações pelo suposto abuso de, pelo menos, 50 crianças.

O camionista compartilhou imagens de abusos sexuais de crianças online e incentivou outras pessoas a adquirir crianças para se envolver em atividades sexuais.

William Allen Corley, 63, enfrentou o Tribunal Local de Burwood, em Sydney, por várias acusações ligadas ao abuso sexual infantil.

Filipinas questões sociais crime lei e justiça crime crimes sexuais grupos populacionais crianças
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)