Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
1

Avião cai ao mar na Indonésia com 62 pessoas a bordo, incluindo sete crianças e três bebés

Aeronave da Sriwijaya desapareceu quatro minutos após descolar de Jacarta. Já foram encontrados destroços.
Pedro Zagacho Gonçalves(pedrogoncalves@cmjornal.pt) 9 de Janeiro de 2021 às 10:40
Destroços encontrados serão do voo SJ182
Destroços encontrados serão do voo SJ182
Destroços encontrados serão do voo SJ182
Destroços encontrados serão do voo SJ182
Destroços encontrados serão do voo SJ182
Destroços encontrados serão do voo SJ182
Destroços encontrados serão do voo SJ182
Destroços encontrados serão do voo SJ182
Destroços encontrados serão do voo SJ182
Destroços encontrados serão do voo SJ182
Destroços encontrados serão do voo SJ182
Destroços encontrados serão do voo SJ182
Destroços encontrados serão do voo SJ182
Destroços encontrados serão do voo SJ182
Destroços encontrados serão do voo SJ182

Um avião da companhia Sriwijaya desapareceu durante quatro minutos do radar após descolar do aeroporto de Jacarta, na Indonésia. Segundo a CNN, foram ouvidas duas explosões antes do avião desaparecer. Foram logo enviadas várias embarcações para o local para proceder a buscas pela aeronave no oceano. As buscas foram suspensas ao final do dia "devido às condições meteorológicas adversas", para além do cair da noite, fazia chuva, vento e nevoeiro.

Vários pescadores da ilha de Lancang, junto ao local onde o avião desapareceu, no mar de Java, juntaram-se às equipas na busca e já encontraram muitos destroços presos nas redes. A companhia aérea ainda não confirmou a informação de que a aeronave se despenhou, dizendo em comunicado que "aguarda mais dados".

O Governador de Jacarta, Ahmad, Rizia Patria confirmou ao final datarde  que a aeronave havia de facto caído ao mar, entre as ilhas indonésias de Laki e Lancang. "Temos a certeza que o avião não caiu em terra, mas nas águas na zona das Mil Ilhas. As buscas só poderão ser retomadas de manhã, porque não conseguimos ter as equipas no mar à noite. teremos mais informação na manhã de domingo, certamente", afirmou.

"Estamos a usar um barco de grandes dimensões e duas embarcações mais pequenas nas buscas por sobreviventes", afirma o porta-voz das autoridades locais. "Já foram encontrados vários destroços, incluindo fuselagem, cabos, peças de metal, assentos, cabelo, roupa e restos mortais", adianta o responsável, confirmando o pior.

Seguiam a bordo 62 passageiros, incluindo 10 crianças, e três bebés, segundo relatou o ministro dos Transportes. "Seguiam a bordo 62 pessoas, 50 passageiros e 12 membros da tripulação. Os 50 passageiros consistiam em 40 adultos, sete crianças e três bebés", explicou em conferência de imprensa. O Boeing 737-500 era uma aeronave que teria já 26 anos. Segundo a Força Aérea Indonésia, três passageiros eram familiares do coronel Teknik Ahmad Khaidir. Tratam-se da mulher e dos dois filhos deste oficial.

"Estamos muito preocupados com este incidente", afirmou o responsável, adiantando que estão a ser reunidos mais esforços no efetivo que está a fazer buscas no local da possível queda da aeronave. 

O avião tinha como destino Pontianak, também na Indonédia.


Jacarta Indonésia Sriwijaya acidentes e desastres
Ver comentários