Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo

Avião que caiu no Afeganistão será das forças armadas norte-americanas

Primeira hipótese apontada era que este avião era comercial e pertencia à Ariana Airlines, companhia aérea estatal afegã.
SÁBADO 27 de Janeiro de 2020 às 16:01
Avião caiu no Afeganistão
Avião caiu no Afeganistão
Avião que caiu no Afeganistão será das forças armadas norte-americanas
Avião caiu no Afeganistão
Avião caiu no Afeganistão
Avião que caiu no Afeganistão será das forças armadas norte-americanas
Avião caiu no Afeganistão
Avião caiu no Afeganistão
Avião que caiu no Afeganistão será das forças armadas norte-americanas
O avião de passageiros que caiu esta manhã numa região montanhosa controlada pelos talibãs, no Afeganistão, pertencia às forças armadas dos Estados Unidos. A garantia foi dada pelo próprio grupo, de acordo com a AFP

O aparelho que transportava armamento despenhou-se em Sado Khel, na província de Ghazni. De acordo com a BBCo avião incendiou-se após a queda. O avião caiu às 13h10 locais (08h40 em Portugal Continental). 


A primeira hipótese apontada era que este avião era comercial e pertencia à Ariana Airlines, a companhia aérea estatal afegã, no entanto a empresa garantiu à agência norte-americana Associated Press que nenhum dos seus aviões tinha caído.

Aref Noori, porta-voz do governador provincial, disse que o avião caiu cerca das 13h00 locais (08h30 em Lisboa) na zona de Deh Yak, localizada a leste da cidade de Ghazni e fora das cidades a região é controlada sobretudo pelos talibãs.

O último acidente de um avião civil no Afeganistão ocorreu em maio de 2010 com um voo da Pamir Airways, que caiu causando 43 mortos. Em fevereiro de 2005, um Boeing 737 da Kam Air, outra companhia aérea privada afegã, caiu não muito longe da capital, Cabul, matando as 104 pessoas a bordo.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)