Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
2

Bactéria já matou centenas de elefantes no Botsuana

Pelo menos 330 animais já morreram. O Zimbabué, país vizinho, também está a investigar mortes misteriosas.
SÁBADO 21 de Setembro de 2020 às 13:24
Desde julho até à data desta segunda-feira, o número de mortes misteriosas de elefantes no Botsuana aumentou de 281 para 330. 

Segundo as autoridades responsáveis pela vida selvagem do país, as mortes devem-se a uma cianobactéria, que costumam ser encontradas em zonas de água. 

Mmadi Reuben, veterinária, indicou em conferência de imprensa que havia muitas questões sem resposta, ainda. "Os nossos últimos testes detetaram neurotoxinas de cianobactérias como a causa das mortes. São bactérias que se encontram na água. Contudo, ainda temos muitas questões por responder como por que razão morrem os elefantes e porquê só naquela área."

Também no Zimbabué, país vizinho, se registaram várias mortes destes animais. 

De acordo com o jornal The Guardian, 70% das mortes ocorridas na zona do delta de Okavango foram perto de furos de água. Muitos animais andavam em círculos, antes de desmaiarem e morrer.
Botsuana ambiente morte água
Ver comentários