Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo

Banhistas que marcam lugar na praia multados em Espanha

Coronavírus obrigou à limitação do espaço útil das praias, o que provocou o aumento das reclamações.
Correio da Manhã 15 de Julho de 2020 às 08:34
autoridades multam banhistas que deixam pertences a marcar os lugares na praia
autoridades multam banhistas que deixam pertences a marcar os lugares na praia
autoridades multam banhistas que deixam pertences a marcar os lugares na praia
autoridades multam banhistas que deixam pertences a marcar os lugares na praia
autoridades multam banhistas que deixam pertences a marcar os lugares na praia
autoridades multam banhistas que deixam pertences a marcar os lugares na praia
autoridades multam banhistas que deixam pertences a marcar os lugares na praia
autoridades multam banhistas que deixam pertences a marcar os lugares na praia
autoridades multam banhistas que deixam pertences a marcar os lugares na praia

O coronavírus obrigou à limitação do espaço útil das praias, o que provocou o aumento das reclamações. Os turistas do sul de Espanha encontraram rapidamente solução para a marcação prévia do lugar na praia, com recurso a objetos como chapéus e espreguiçadeiras. No entanto, a medida não foi bem aceite.

Nas últimas semanas, a polícia espanhola começou a confiscar os pertences que os banhistas das praias da Costa del Sol, na região da Andaluzia, deixavam na praia, numa tentativa de marcarem o lugar.

Segundo o jornal britânico Metro, as autoridades do posto turístico britânico em Torrox, perto de Marbella, emitiram um aviso após se aperceberem de que os turistas estavam a deixar os seus pertences como forma de reservarem o lugar. 

As autoridades começaram a passar multas a quem quisesse recuperar os objetos retirados do areal.

Nas horas de maior calor, os veraneantes recorreram a espreguiçadeiras, toalhas e até barcos insufláveis de forma a garantirem um lugar após a sesta.

De acordo com uma publicação na página de Facebook Ayuntamiente de Torrox, a polícia local e a proteção civil estão a trabalhar de forma coordenada no cumprimento das regras.

"Lembramos a todos aqueles que usam as nossas praias que reservar o espaço não é permitido", pode ler-se na publicação naquela rede social.

O organismo sublinha no entanto que "passear, comer no bar ou estabelecimento próximo pode ser feito e nesse caso, a polícia é informada e não haverá atuação. Os adereços serão retirados caso as pessoas se desloquem para casa e demorem algumas horas até voltarem".

É aconselhado o uso de máscara nas caminhadas na praia, mas podem ser removidas para nadar ou para apanhar sol na toalha.

Sol Espanha Costa Andaluzia estilo de vida e lazer coronavírus pandemia covid19 praia turistas férias
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)