Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
5

Biden vence primárias em três estados. Sanders reavalia campanha

Antigo vice-presidente venceu as primárias de terça-feira e tem vantagem decisiva na corrida à Casa Branca.
Ricardo Ramos 19 de Março de 2020 às 08:56
Joe Biden
Joe Biden FOTO: Reuters

O senador Bernie Sanders está a "reavaliar a sua campanha" após a estrondosa derrota nas primárias de terça-feira na Florida, Illinois e Arizona, que o colocam praticamente fora da corrida democrata à Casa Branca. Já a olhar para o futuro, Joe Biden pediu o apoio de todos os apoiantes de Sanders, principalmente os mais jovens, afirmando que as suas inquietações "estão a ser escutadas".

A Florida, o maior dos três estados em jogo em termos de delegados, era vista como a última esperança de Sanders para travar a caminhada vitoriosa de Biden, mas acabou por se tornar no golpe de misericórdia para o senador do Vermont. Sanders sofreu uma derrota esmagadora, não indo além dos 23% dos votos contra 62% de Biden. No Illinois, o antigo vice-presidente bateu Sanders por 59%-36% e, no Arizona, por 44%-32%. O Ohio, que deveria ter votado no mesmo dia, adiou as primárias por causa da epidemia de Covid-19.

Com esta tripla vitória, Biden lidera agora a corrida à nomeação democrata com 1173 delegados, contra 881 de Sanders. São precisos 1991 delegados para conquistar a nomeação. "As próximas primárias são daqui a três semanas. Até lá, o senador Sanders vai conversar com os seus apoiantes e reavaliar a sua campanha", afirmou o diretor de comunicação do senador do Vermont.

Esta terça-feira à tarde, chegaram a circular rumores de que Sanders já tinha decidido retirar a candidatura, mas foram prontamente desmentidos. Certo é que a sua campanha já mandou cancelar os anúncios no Facebook, prenúncio de uma inevitável desistência, a qual poderá ser anunciada já nos próximos dias. Com o caminho aberto para a nomeação, Biden estendeu a mão aos apoiantes de Sanders, afirmando que o partido precisa da sua "paixão e tenacidade". "Vocês foram ouvidos. Sabemos o que está em jogo", garantiu.

PORMENORES
Biden mais fiável  
Em tempos de apreensão por causa da pandemia de coronavírus, a maioria dos eleitores democratas que votaram terça-feira - 7 em 10 na Florida e 6 em 10 no Illinois e Arizona - consideram que Biden é mais fiável numa situação de crise, de acordo com uma sondagem do instituto Edison Research.  

Jovens preferem Sanders
A mesma sondagem indicou que o único grupo sociodemográfico em que Sanders bate claramente Biden são os jovens. Já o ex-vice-presidente tem as preferências das mulheres, idosos, latinos e afro-americanos.

Joe Biden Bernie Sanders Illinois Florida Casa Branca Arizona política eleições
Ver comentários