Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
1

Boris Johonson apela a líderes mundiais para se unirem contra "inimigo comum"

Segundo o primeiro-ministro britânico a pandemia do novo coronavírus rompeu com os laços entre as nações.
Lusa 26 de Setembro de 2020 às 17:22
Boris Johnson
Boris Johnson
O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, afirmou este sábado que a pandemia do novo coronavírus rompeu com os laços entre as nações e apelou aos líderes mundiais para se unirem contra o "inimigo comum", a Covid-19.

Johnson, que fez estas declarações num discurso pré-gravado na Assembleia Geral das Nações Unidas (ONU), disse que nove meses após a pandemia, "a própria noção de comunidade internacional parece esfarrapada".

"Nunca mais devemos travar 193 campanhas separadas contra o mesmo inimigo", defendeu o governante.

Mais informação sobre a pandemia no site dedicado ao coronavírus - Mapa da situação em Portugal e no Mundo. - Saiba como colocar e retirar máscara e luvas - Aprenda a fazer a sua máscara em casa - Cuidados a ter quando recebe uma encomenda em casa. - Dúvidas sobre coronavírus respondidas por um médico Em caso de ter sintomas, ligue 808 24 24 24
Boris Johonson Covid-19 religião coronavírus laços nações inimigo comum
Ver comentários