Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
7

Brasil tem 7218 novos infetados por coronavírus em 24 horas

Total oficial de pessoas infetadas no país chegou aos 85.380.
Domingos Grilo Serrinha e correspondente no Brasil 30 de Abril de 2020 às 21:53
Jair Bolsonaro, presidente do Brasil
Jair Bolsonaro, presidente do Brasil FOTO: Reuters

O Brasil registou nas últimas 24 horas mais um recorde diário de novas infeções pelo coronavírus, com a confirmação de 7218 casos. Com isso, o total oficial de pessoas infetadas pelo coronavírus no Brasil chegou aos 85.380, um número considerado por especialistas absolutamente irrisório em relação à realidade, que pode ser até 10 vezes mais grave, pois a falta de testes no país não permite testar o número ideal de cidadãos.

Como nos últimos dias, quando a pandemia de coronavírus iniciou uma curva ascendente descontrolada, o país teve novamente mais de 400 mortes no curto período de 24 horas. Segundo o boletim epidemiológico divulgado pelo Ministério da Saúde em Brasília esta quinta-feira, de quarta para quinta foram verificadas 435 mortes, elevando o total no país a 5901.

Devido ao forte aumento no número de novos infetados e de mortes que se tem repetido todos os dias desta semana, governos de vários estados e cidades que se preparavam para flexibilizar medidas de distanciamento social adotadas em Março estão a repensar a decisão. Os dois maiores estados brasileiros, São Paulo e Rio de Janeiro, por exemplo, já avisaram que a prevista flexibilização das medidas, nomeadamente a autorização para a reabertura de atividades não essenciais, terá de ser adiada.

Em alguns casos, além do adiamento da flexibilização os governos regionais e locais vão mesmo endurecer as medidas. Na cidade de São Paulo, a maior do país e onde há em termos absolutos o maior número de vítimas fatais do coronavírus, o secretário municipal de Saúde, Edson Aparecido, avançou esta quinta-feira que a edilidade poderá nos próximos dias começar a bloquear ruas para dificultar o trânsito de veículos e transeuntes e forçar as pessoas a ficar em casa, já que mais da metade dos habitantes não têm respeitado a quarentena.
Coronavírus Brasil São Paulo saúde questões sociais política economia negócios e finanças macroeconomia
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)