Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
9

Cain mentiu sobre traição

O candidato republicano à presidência dos EUA, Herman Cain, teve contacto quase diário, este mês, com uma mulher que afirma ser sua amante há quase 13 anos, revelou ontem a ABC News, infligindo novo revés ao homem que, até há pouco, liderava a lista de candidatos às primárias republicanas.

1 de Dezembro de 2011 às 01:00
Ginger White afirma ser amante de Cain há 13 anos
Ginger White afirma ser amante de Cain há 13 anos FOTO: John Sommers/ Reuters

Os registos telefónicos de Cain revelam contactos diários com Ginger White, de 46 anos, empresária, que assegura ter recebido "presentes e dinheiro nos últimos dois anos e meio" e ter feito várias viagens com Cain, casado há 43 anos com Gloria Etchison. Ginger diz que a relação entre os dois "era intermitente" e adianta que, na sua opinião, ele "não seria um bom presidente".

Cain era, até ao mês passado, o favorito à nomeação republicana, mas tudo mudou quando quatro mulheres o acusaram de assédio sexual. Agora, apesar de insistir que ele e White são só amigos, Cain pondera desistir da candidatura.

CAIN CANDIDATO EUA TRAIÇÃO
Ver comentários