Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
1

Casal que acolheu 26 filhos adotivos morre de coronavírus com 11 dias de diferença

Estavam casados há 48 anos, tinham quatro filhos, 26 adotivos e ainda quatro netos.
14 de Abril de 2020 às 16:38
Hefin e Valerie Williams
Hefin e Valerie Williams
Hefin e Valerie Williams
Hefin e Valerie Williams
Hefin e Valerie Williams
Hefin e Valerie Williams
Um casal que viveu toda a vida a cuidar dos outros, tendo adotado 26 crianças, morreu vítima do coronavírus com 11 dias de diferença. 

Hefin e Valerie Williams, com duas filhas e uma nora no sistema de saúde do Reino Unido, foram levados de urgência para o hospital infetados com coronavírus. 

Valerie, de 74 anos, foi a primeira a ser internada, no dia 21 de março, após ter desenvolvido tosse seca e febre. Seis dias depois, Hefin, de 80 anos, foi levado pela mesma equipa médica que transportou Valerie para o hospital. Sentia-se cansado e tinha dificuldade em falar. 

Hefin morreu a 30 de março, com falência nos orgãos, e Valerie no dia 10 de abril, um dia depois do funeral do marido. 

Os dois estavam casados há 48 anos. Tinham quatro filhos seus, 26 adotivos e ainda seis netos. 

A família pede que esta pandemia seja levada a sério. 

Hefin Valerie Williams morte questões sociais família
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)