Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo

Casou com professora que o violou aos 13 anos e com quem teve dois filhos

Mary Kay tinha 34 anos, era casada e mãe de quatro filhos quando teve sexo com Vili Fualaau. Morreu após dura batalha contra o cancro.
Correio da Manhã 23 de Setembro de 2020 às 19:30
O casal Mary Kay Letourneau e Vili Fualaau
O casal Mary Kay Letourneau e Vili Fualaau FOTO: Facebook

O ex-marido de Mary Kay Letourneau, a professora que violou um rapaz de 13 anos e que morreu em julho, revelou numa entrevista ao programa de televisão norte-americano Dr Oz Show pormenores dos seus últimos momentos de vida.

Vili, atualmente com 37 anos, diz ter estado ao lado de Mary nos momentos finais da sua vida. Mary Kay Letourneau faleceu vítima de cancro do cólon aos 58 anos, após uma 'batalha' de cerca de nove meses.

Tinha 34 anos, era casada e mãe de quatro filhos quando teve sexo com Vili Fualaau em 1996, que tinha apenas 13 anos na altura.

"Estávamos a conversar sobre quando eles eram crianças e estávamos a rir. Eu virei-me e não vi o peito dela a mexer-se. Pensei que fosse, talvez, uma daquelas pausas que ela tem, e então ela vai voltar ao normal", começou por explicar.

"Eu desliguei a máquina de respiração dela só para ouvir se ela estava a respirar baixinho. Naquele momento, tive que dizer às crianças para chamarem o resto dos irmãos para se virem despedir", continuou.

Quando questionado sobre o que faria se sentisse interesse por um menor, respondeu: "Bem, provavelmente iria procurar ajuda. Não conseguia olhar para um jovem de 13 anos e sentir-me atraído por ele, simplesmente não está no meu cérebro".

Mary Kay era professora de Vili
Em 1992, Mary era professora de Vili numa escola primária em Seattle, nos Estados Unidos da América, quando este tinha oito anos. Começaram a relação quando este tinha 12 anos, numa altura em que o marido dela esteve ausente. Passaram a frequentar aulas juntos e a aproximarem-se cada vez mais. Beijaram-se no carro quando foram jantar em 1996. A polícia acabaria por encontrá-los mas esta saltou para o banco da frente e o rapaz fingiu estar a dormir no banco de trás. Na altura, negaram qualquer envolvimento, foram levados para a esquadra e, posteriormente, libertados. O marido acabou por descobrir o ramance em fevereiro de 1997, pediu o divórcio e conseguiu a guarda dos seus quatro filhos. Após uma denúncia de um familiar do marido, foi detida em março de 1997 e declarou-se culpada de duas acusações de violação de criança em segundo grau. Em março de 1997 deu à luz o primeiro filho em comum com Vili, enquanto aguardava sentença. Cumpriu depois três meses de prisão como parte de um acordo judicial.

Em agosto de 1998 foram apanhados a ter sexo no carro e, desta vez, cumpriu sete anos de prisão, acabando por dar à luz o segundo filho em comum com Vili na cadeia. Foi libertada em agosto de 2004 e casaram no ano seguinte. Em 2017, Vili pediu o divórcio, sendo que o processo de separação ficou finalizado em agosto de 2019.

Mary Kay Letourneau Vili Fualaau Dr Oz Show morte violação crime
Ver comentários