Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
9

China condena pressão exercida pelos Estados Unidos sobre Portugal

Ministro dos Negócios Estrangeiros chinês defende que nenhum país com "espírito independente" cederá a Washington.
Lusa 12 de Outubro de 2020 às 08:37
Huawei
Huawei
Huawei
Huawei
Huawei
Huawei
Huawei
Huawei
Huawei
A China condenou esta segunda-feira a pressão exercida pelos Estados Unidos para Portugal banir o grupo de telecomunicações chinês Huawei da infraestrutura de redes 5G, defendendo que nenhum país com "espírito independente" cederá a Washington.

"Coagir outros países para que obedeçam à sua vontade não é apenas um ato flagrante de assédio, mas também uma evidente rejeição dos princípios de economia de mercado defendidos pelos Estados Unidos", apontou à agência Lusa o Ministério dos Negócios Estrangeiros da China.

"Nenhuma nação com um espírito independente se associará a esta campanha" de Washington, acrescentou o Ministério, em comunicado.

Ver comentários