Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
8

Covid-19 agravou situação de leprosos que reviveram início da doença

Afirma Alice Cruz, a Relatora Especial da ONU.
Lusa 28 de Janeiro de 2022 às 09:53
Lepra
Lepra FOTO: d.r.
Muitos doentes com lepra reviveram com a Covid-19 o que passaram quando foram diagnosticadas, do isolamento à discriminação, passando pela ansiedade por uma vacina ou cura, segundo a Relatora Especial da ONU.

Alice Cruz, Relatora Especial das Nações Unidas para a Eliminação da Discriminação contra as Pessoas afetadas pela Lepra e seus Familiares, chama a atenção para "os inúmeros paralelos que existem entre a lepra e a covid-19".

"Eu argumentei várias vezes que a experiência, a história da lepra, e a experiência das pessoas afetadas pela lepra, deveriam auxiliar a compreender os perigos e as dificuldades que a pandemia trouxe", disse, em entrevista à agência Lusa.

Covid-19 Relatora Especial das Nações Unidas ONU saúde doenças
Ver comentários