Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
8

Criaram um grupo no Whatsapp para agredir polícias em Espanha que controlam confinamento

Suspeitos foram detidos pelas autoridades espanholas.
Correio da Manhã 8 de Abril de 2020 às 19:50
WhatsApp
WhatsApp FOTO: EPA/HAYOUNG JEON

Dois homens de 30 e 25 anos foram detidos pela polícia de Algeciras, Espanha, por ter criado um grupo no Whatsapp para organizar ataques coordenados contra a polícia. 

"Aqui não vamos roubar, vamos dar porrada na polícia e depois vamos buscar o pão que precisamos", terão dito no grupo de Whatsapp segundo avança o jornal El País.

Num dos áudios presentes nesta conversa, gravado por um dos suspeitos detidos, era feito em tom de ameaça "nem mais um abuso". O detido de 30 anos assegurava que tinha sido alegadamente agredido por um dos agentes que controlava o cumprimento do confinamento. 

Os dois suspeitos foram acusados de criar e incentivar um grupo - com dezenas de pessoas - a atacar a polícia da cidade. 

A ideia de convencer um grupo de pessoas a atacar a polícia que, desde o começo do Estado de Emergência, controla o cumprimento do confinamento em Algeciras teve como rastilho algumas imagens recebidas por um dos suspeitos com alegados ataques físicos por parte das autoridades espanholas. 

A polícia recebeu informações do grupo e, inicialmente, não deu importância, porém, quando o número de pessoas envolvidas começou a aumentar decidiram intervir e organizaram uma investigação que culminou na detenção dos dois suspeitos.

Espanha Whatsapp Ageciras crime lei e justiça polícia política
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)