Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
2

Dinheiro de Lula veio para Portugal

O deputado federal brasileiro Anthony Garotinho afirma que Rosemary Noronha, ex-chefe de gabinete da Presidência da República em São Paulo, exonerada por suspeita de corrupção, depositou 25 milhões de euros em Portugal.
5 de Dezembro de 2012 às 01:00
A ex-chefe de gabinete da Presidência é suspeita de liderar rede de corrupção
A ex-chefe de gabinete da Presidência é suspeita de liderar rede de corrupção FOTO: Marcos Brindicci/Reuters

Segundo Garotinho, do Partido Republicano (oposição), Rosemary levou 25 milhões de euros para Portugal numa viagem com o ex-presidente Lula da Silva. O montante estará depositado numa conta na agência no Banco Espírito Santo (BES), no Porto. O deputado acrescenta que Rosemary transportou o dinheiro numa mala diplomática, livre de inspecção. Contactado pela Agência Brasil, o BES informou, oficialmente, não "ter registo de qualquer depósito realizado pela senhora mencionada", acrescentando mesmo que ela não é cliente do banco.

Noronha foi exonerada após investigação da polícia federal, que revelou a existência de um esquema de fraudes de pareceres técnicos de importantes agências do governo em favorecimento de privados.

Ver comentários